ERNANI PROMOVE REUNIÃO SOBRE ACESSO ASFÁLTICO

Publicado em 05/05/2011 às 15:00

ERNANI PROMOVE REUNIÃO SOBRE ACESSO ASFÁLTICO

Com o objetivo de esclarecer à população assisense sobre o andamento da obra de ligação asfática do acesso Bairro Italiano à ERS 377, o prefeito de São Francisco de Assis Jorge Ernani Cruz promoveu uma reunião pública.

O evento aconteceu no Centro de Cultura e Eventos na quinta-feira, dia 28 de abril.

A reunião contou com a participação do engenheiro do DAER Nilton Paim e o diretor técnico da Ebrax – empresa responsável pela obra junto à Bripav engenheiro Luiz Henrique Bento Leal.

Na ocasião, o secretário de Administração e Planejamento Paulo Gioda fez um breve relato de todo trabalho realizado pelo Poder Público até a realização do projeto.

A seguir, Luiz Henrique Leal, apresentou os custos da obra, a aplicação dos recursos, os materiais utilizados e justificou a necessidade de aditamento do convênio, exemplificando que um dos materiais – a brita graduada – que a planilha orçamentária previa fornecimento de Santiago, não se realizou, tendo que transportar de Santa Maria. Leal ainda reforçou que o aditivo foi aprovado pelo DAER e pela CAGE, porém o governo do Estado não tem previsão orçamentária para cumprir. “São 154 convênios assinados no Estado e são necessários mais de R$ 200 milhões para cumprir e tem apenas R$ 13 milhões. Até novembro a situação é esta”, informou Leal, baseado nas declarações do secretário de Infra estrutura Beto Albuquerque.

Questionado sobre o bueiro que desmoronou, Leal informou que inclusive não havia recurso para a realização do bueiro, porém a Ebrax fez e é de responsabilidade da empresa. “Não recebemos nenhum centavo para realizar o bueiro, mas ainda teremos que reconstruí-lo. Só cedeu porque a última camada asfáltica não foi realizada. Não há problema técnico na obra”, observou o engenheiro. Além deste, a camada de imprimação (última camada colocada no trecho) também foi de responsabilidade da empresa para que não houvesse perda do serviço realizado até o momento.

O processo de medição da obra era de responsabilidade dos engenheiros da empresa, da Prefeitura e do próprio DAER.

O prefeito Ernani, numa verdadeira demonstração de interesse em esclarecer, citou que está à disposição de toda comunidade, vereadores e imprensa para esclarecimentos. “Tenho conhecimento suficiente e respondo pela obra. Só encontra problemas quem busca e se doa a fazer. Lamento que muitos que questionam a obra não estejam presentes para procurar entender a real situação”, ressaltou o prefeito que diz ser o maior interessado na conclusão do asfaltamento que vai beneficiar toda comunidade.

Na obra já foram investidos quase R$ 2,5 milhões, sendo R$ 494 mil do próprio município. O aditivo prevê mais R$ 600 mil, sendo R$ 120 mil garantidos pela Prefeitura.

 

Herton Couceiro- ASCOM/PMFA.


Mais Lidas