UMA ESPÉCIE RARA DE FÓSSIL DE DINOSSAURO É ENCONTRADA EM SÃO FRANCISCO DE ASSIS RS

Publicado em 28/02/2022 às 16:07

UMA ESPÉCIE RARA DE FÓSSIL DE DINOSSAURO É ENCONTRADA EM SÃO FRANCISCO DE ASSIS RS

A história dos dinossauros tem início a milhões de anos atrás. Esses grupos de répteis gigantes viveram no planeta Terra durante a Era Mesozoica, que começou cerca de 252 milhões de anos, sendo extintos a 65 milhões de anos, no final dessa era. Eles são os maiores animais que já habitaram o planeta.

A trajetória de existência destes animais atrai a todos nós, independentemente da idade. Desde criança ouvimos falar nos primeiros habitantes do Planeta Terra, os dinossauros e imaginamos de uma forma muitas vezes lúdica.

São Francisco de Assis é uma cidade com 19 mil habitantes, ao centro oeste, no interior do Rio Grande do Sul, sul do Brasil que vem sendo estudada por especialistas arqueólogos, geólogos e paleontólogos renomados.

Segundo o Geólogo Átila Augusto Stock da Rosa (UFSM), o local denominado Sítio Bica São Tomé constitui um novo sítio fossilífero para a formação Sanga do Cabral no centro oeste do Estado do Rio Grande do Sul. Esta localidade parece diferir das outras registradas para a formação por apresentar fósseis preferencialmente bem preservados e mais
completos.

O Paleontólogo Felipe Lima Pinheiro (UNIPAMPA), estima que o animal encontrado tenha vivido há 250 milhões de anos, período anterior ao do surgimento dos dinossauros. O trabalho, que permite o avanço dos estudos em uma área ainda desconhecida do desenvolvimento das espécies, também é assinado por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina (PE), e da Universidade de Birmingham, na Inglaterra.

Encontram-se fósseis com frequência na área, mas em geral estão quebrados e fragmentados. Com 11 centímetros da ponta do focinho até a parte de trás do crânio, a peça estava inteira, em ótimo estado de conservação, uma raridade.

O fóssil de São Francisco de Assis RS é um ser intermediário entre os répteis primitivos e os arcossauriformes, grupo que compreende dinossauros (que surgiriam 20 milhões de anos após o Teyujagua), pterossauros, jacarés e aves.

Referências Bibliográficas

Da Rosa, A. A. S. et al. Bica São Tomé, a new fossiliferous site for the early Triassic of southern Brazil. Rev. Bras. Paleontol. 12, 67–76. (2009).

De Oliveira et al. A new archosauromorph from South America provides insights on the early diversification of thanystrpheids. Plos ONE 15(4): e0230890. (2020).

Pinheiro, F. L. et al. An exceptional fóssil skull from South America and the origins of the archosauriform radiation. Sci. Rep. 6, 22817; doi 10.1038/srep22817 (2016).

Acesso em 23 fev. 2022: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2016/03/fossil-de-250-milhoes-de-anos-achado-no-rs-revela-nova-especie-de-reptil.html.

Acesso em 23 fev. 2022: <https://www.ufsm.br/laboratorios/lep/2016/09/05/fossil-de-reptil-anterior-aos-dinossauros-e-descoberto-no-rio-grande-do-sul/>.

 

Fabiana Ciocheta Mazuco

Arquivista RPR1599
Especialista em Museus e Patrimônio Cultural
Mestre em Patrimônio Cultural com ênfase em gestão, preservação e acesso de documentos digitais e nato digitais
Pesquisadora CNPq - UFSM e UFF GED/A Documentos Arquivísticos Digitais
Perita em Diplomática Forense TJRS

 


Mais Lidas